Olá queridos leitores fotonoveleiros!

Infelizmente este Blog encerrou suas atividades mas o conteúdo ainda ficará disponível! Um abraço a todos e boas Leituras.
Abraços, Vagner Baldasso.

Última postagem adicionada em 07/06/15.
Arquivos disponibilizados no 4Shared.
Algumas fotonovelas estão em extensão .cbz, clique aqui para saber como ler esses arquivos.

Jogo Foto Palpite - O Anel Desaparecido



Jane esqueceu-se do seu anel de brilhantes, no gabinete de toilette de um teatro, e quando lá voltou para procurá-lo, a Joia havia desaparecido. Então, ela reclamou a indenização devida a companhia de seguros onde segurara todas as joias, baseada na cláusula da apólice que rezava: "Os desaparecimentos misteriosos deve ser presumivelmente atribuídos ao roubo". Todavia a companhia de seguros recusou-se a pagar, e Jane recorreu a justiça.

 - Não há mistério algum no desaparecimento de um anel que foi abandonado num toilette público - alegou o advogado da seguradora. - A convite para alguém leva-lo... Não foi um roubo no sentido real da palavra.

- Misterioso - objetivou o advogado de Jane - significa desconhecido, inexplicável, imprevisível, e o desaparecimento do anel se enquadra nesses adjetivos. Por isso a companhia deverá pagar.

E AGORA? Se você fosse o juiz, faria com que a companhia pagasse?
Teste seu palpite! Comente!

------
(Selecione as linhas abaixo para ler a resolução!)
Resolução do fato:
Jane recebeu a indenização. O tribunal manteve a decisão de que "se não havia mistério sobre o fato do lugar onde o anel ficou, no toilette, havia sim, mistério quanto a sua desaparição". Aquilo que aconteceu ao anel, depois de que sua dona saiu e o deixou, é realmente desconhecido e inexplicável.

Caso verídico que aconteceu em 1952 no tribunal da cidade de Nova York e publicado na revista Meia Noite Nº 76 - 1954.

3 comentários:

  1. na minha opinião a companhia não deve pagar... porque ela esqueceu lá!aí já era...

    ResponderExcluir
  2. A dona do anel esqueceu(deixou) no banheiro,isso era fato conhecido,não havia mistério.À partir daí houve um roubo porque é claro que alguém encontrou e se apossou de algo que não lhe pertencia.Esquecer algo é natural no ser humano,roubar não.Então,prevendo essa possibilidade no contrato,a seguradora deve pagar.

    ResponderExcluir
  3. o mistério está que o anel sumiu e não onde foi deixado... então a seguradora deve pagar!

    ResponderExcluir

SUGESTÕES
2leep.com

ATENÇÃO:

O objetivo do Blog ASFOTONOVELAS é preservar a memória e divulgar informações sobre essa leitura que envolve textos e imagens.
Os links para download ocasionalmente encontrados aqui estão hospedados na internet de artigos lançados há mais de 20 anos, fora de catálogo, não ferindo assim a lei de direitos autorais. Eventualmente constam publicações recentes, onde buscamos junto aos responsáveis autorização para a postagem.
Caso alguém se sinta prejudicado, entre em contato através de e-mail ou nos comentários, que o mesmo será retirado imediatamente.
E-MAIL PARA CONTATO: asfotonovelas(arroba)hotmail.com
Não somos responsáveis pela utilização indevida dessas publicações, temos apenas a finalidade de catalogar e oferecer uma fonte de pesquisa e leitura. Orientamos não imprimir, não comercializar cópias e não arquivar no computador por mais de 24 horas. Para adquirir originais dirijam-se a sites de venda de usados e raridades.